quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Todos nós queremos coisas em nossas vidas, mas mesmo que já saibamos aquilo que queremos, por vezes, ficamos empacados sem saber o que fazer. A caminhada em direção àquilo que se quer não é tarefa fácil, afinal, temos que lidar com uma série de oponentes que nem sempre estão dispostos a facilitar o caminho. Sempre que começo a enfrentar alguma dificuldade para avançar em algum projeto ou realizar alguma tarefa faço algumas perguntas que rapidamente me colocam em ação. Existem quatro perguntas que você pode e deve fazer para não perder o tesão.
E a primeira delas é se perguntar… Por quê?
Isso mesmo! Pergunte-se; por que eu quero o que quero? Qual é a minha motivação para querer realizar isso? Se você descobrir um forte motivo pelo qual vale a pena dedicar sua energia e seu tempo, então é porque seu objetivo vale a pena ser alcançado. Um forte motivo fará com que você levante motivado todos os dias, você sentirá sua energia se renovar, mesmo após algumas derrotas. Pois, alcançar aquilo que você deseja é realmente IMPORTANTE. Por isso, eu recomendo que você dedique um tempo para refletir sobre essa pergunta. Escreva a resposta e a coloque em lugares de fácil acesso, como sua bolsa, carteira, espelho do banheiro, gavetas, tela do computador. Isso irá ajudá-lo a se lembrar do POR QUE vale a pena se esforçar um pouco mais a cada dia. Se você já sabe o que quer, e mesmo assim ainda não conseguiu, talvez seja por falta de um bom por que.
A segunda pergunta que você deve fazer é… Por que não?
Tem um ditado que diz que tudo aquilo que vale a pena ser feito, vale a pena ser bem feito. Por que não fazer aquilo que você realmente quer? Muitos deixam de fazer alguma coisa porque não acreditam que possam alcançar o que desejam, mas a verdade é que se você não arriscar, nunca vai saber se daria certo ou não. O escritor Tim Ferriss diz que é melhor você se arrepender daquilo que fez do que daquilo que não fez. O que você prefere, chegar ao fim da vida arrependido de não ter vivido mais, de não ter aproveitado mais a vida ou de ter feito aquilo que queria, mesmo que às vezes não tenha dado certo? Pense nisso e responda; por que não?
A terceira pergunta que você precisa fazer é… Por que não eu?
Ai entra uma questão muito importante, que tem a ver com merecimento. Ao fazer uma pergunta como essa, sua mente vai procurar o motivo pelo qual você, talvez não mereça aquilo que quer. Nossas programações nos dizem o tempo inteiro que isso não é parar mim, não tenho tempo, não tenho dinheiro para fazer loucuras. Não estou dizendo que você deve enfiar os pés pelas mãos e arrebentar o cartão de crédito só para realizar um desejo, mas que você deve sim se permitir receber algo bom. Lembrando que essa é a terceira pergunta e que você tem um forte motivo para fazer acontecer. Tenha a intenção positiva para dizer a si mesmo – Eu sou merecedor de tudo que há de bom na terra. Eu vim para esse mundo para ser bem sucedido e feliz. Lembre-se que para acabar com uma programação negativa você precisa substituí-la por uma nova programação positiva.
A quarta pergunta é Por que não agora?
Esse é um ponto onde o bicho pega, porque sua mente vai procurar “N” motivos pelos quais você precisa estar mais preparado, ter mais dinheiro, ou mais tempo para começar a fazer o que precisa ser feito para que você possa ir além. Não espere pelo melhor momento. Crie o momento certo. Não espere pela oportunidade de virar o jogo. Crie as oportunidades para que você possa alcançar o próximo nível. Cada minuto que passa é uma oportunidade de virar o jogo. Saber e não fazer é como não saber, por isso entre em ação. Arrisco dizer que você já tem tudo que precisa para realizar qualquer coisa em sua vida se descobrir quer o que quer!
Pense nisso!
Um grande abraço e sucesso!

Nenhum comentário:

Postar um comentário